Gosto de Rita Lee, esta sabe criticar e ser irreverente! O zênite da arte desta mulher é “Tudo Vira Bosta”! Forte, não é?
A princípio soa esdruxulo, mas é genial! Pois tudo vira bosta! Espero que não seja bosta pastosa!

“A ditadura e o oprimido
O prometido e não cumprido
E o programa do partido
Tudo vira bosta…”

Vimos uma ditadura subir e cair! Opressão nunca mais!
Vimos pessoas prometerem e cair! Acorda, Brasil! Acorda! Derrubemos! Puxemos tapetes! Só o povo não vira bosta! Mas o resto, tudo vira bosta! A começar o programa do partido que não foi cumprido! Tudo, tudo!

“Mulçumano e cristão
A Mercedes e o Fuscão
A patroa do patrão
Meu salário e meu tesão
Tudo vira bosta…”

O mulçumano, o cristão, o budista ou quem quer que seja! Juntem-se! Nós mandamos! Não deixemos que façam merda ou que tudo vire bosta! Chiqueiro não é lugar nem para gente nem para porcos! Mas prisão para porcos ladrões!
A Mercedes do patrão e da patroa, quem paga é o empregado! Quem manda é o empregado! O Poder deve vir de baixo! De quem anda de Fuscão!
Meu salário não pode virar bosta não tudo mão, porco lambão! De sol a sol eu trabalho! Meu tesão também não é seu! Me pertence! Seja na cama ou simplesmente para viver! A gente merece! Não cague nisso também! Deixe-nos viver!
Minha vida… essa não vira bosta não! Não mesmo!

“Pavaroti, Xororó
Minha Eguinha Pocotó
Ninguém vai escapar do pó
Sua boca e seu loló
Tudo vira bosta…”

Seja você erudito ou não! Eu sou igual a você, você é igual a mim! Pode escutar Pavaroti; se eu fico no samba, no funk, sertanejo ou o que quer que seja, eu sou como você você é como eu! Isso não vai virar bosta! De forma alguma!

“Prostituta e deputado
A virtude e o pecado
Esse governo e o passado
Vai você que eu ‘tô cansado’
Tudo vira bosta…”

A prostituta deve ser melhor que o deputado safado! São dignas de moral, pois abrem suas pernas sem dó! O deputado safado e corrupto enche os bolsos com dinheiro alheio … isso é falta total de moral! É falta de ético! Abra os seus olhos cidadão! Não deixem cagar nisso… eh, isso não pode virar bosta!
Roubam hoje, já roubaram ontem! Agora amanhã, não roubarão! O governo não vai virar bosta, não! O ontem, o hoje e o amanhã serão diferentes! Não, não vira bosta não! Se você quer que vire bosta… vai você junto então! Eu já me cansei! E muito!

“O ovo frito, o caviar e o cozido
A buchada e o cabrito
O cinzento e o colorido (…)
O vinho branco, a cachaça, o chope escuro
O herói e o dedo-duro
O grafite lá no muro (…)
Filé ‘minhão’, ‘champinhão’, ‘Don Perrinhão’
Salsichão, arroz, feijão (…)
O pão-de-ló, brevidade da vovó
O fondue, o mocotó (…)
A rabada, o tutu, o frango assado
O jiló e o quiabo (…)

Seja qual for seu almoço, seu jantar, sua bebida! Sente você no “prato-feito”, no restaurante internacional… beba você no botequim da esquina, no barzinho da moda… não deixe tudo virar bosta!
Seja você erudito, seja você popular! Não seja simplesmente destituído de pensar!

Senão tudo vira bosta!

Anúncios