Bem, alguma coisa precisava ser escrita aqui né! Esse é um blog que eu resolvi fazer para tentar atualizá-lo sempre com as novidades do intercâmbio, afinal, muitas coisas vão me impossibilitar de estar sempre no MSN ou Orkut, até mesmo um Facebook eu já fiz. Antes eu estava achando que ainda era para fazer um blog, queria mesmo fazer apenas quando tivesse família hospedeira e cidade, tudo certinho. Entretanto, ontem conversei com uma ex-intercambista, que foi para a Rússia também, em 1998, conversa vai, conversa vem, ela me disse que só recebeu sua família hospedeira 4 dias antes de partir… rsrs

Então para evitar deixar isso para cima de hora, pensei que seria melhor fazer isso agora né. A única coisa que eu sei é que mandei cópias do meu passaporte para a AFS Brasil,  de lá vai para a Rússia, ai a AFS de lá formaliza o convite, manda pro Ministério das Relações Exteriores, só depois disso eu vou poder tirar meu visto. Olha que eu já mandei tudo isso tem 1 mês, só na expectativa.

Ah, o título do blog… como sempre eu não tenho nada pra fazer, aí pensei de cara: “Minha vida na Rússia”. Tá escrito em russo (é óbvio, relevem tds as minhas observações à toa, como sempre eu faço um monte rsrsrs), o alfabeto é estranho, é o cirílico, tem uns caracteres parecidos com o grego e até mesmo com o nosso, o romano. Lê-se: Maiá jizn’ v Rassi… Na verdade nada a ver… eu nem to na Rússia, mas pra evitar trabalhos futuros… Hoje é feriado lá, teve a famosa parada militar na Praça Vermelha, é o Dia da Vitória, 63 anos do fim da 2ª Guerra Mundial, na Rússia chamam a guerra de Grande Guerra Patriótica.

Essa semana confirmaram que trancaram minha matrícula no CEFET, estou livre, não gostava de lá! Mas não estou vagabundando, eu continuo estudando em casa, principalmente russo, minha intenção é quando voltar revalidar os estudos e fazer o vestibular, só tenho em mente o curso e não a faculdade, mas não é hora de pensar nisso, cada etapa de uma só vez.

A bolsa da AFS está me possibilitando um experiência magnífica desde já, sem noção. Vou ter a oportunidade de conhecer o país que sempre quis, é incrível isso. Tudo mundo pergunta o que eu vou fazer lá e falam que eu vou passar frio… Hehehe… vou estudar, aprender russo, conhecer pessoas, lugares, fazer amigos, viver um novo cotidiano, me inserir numa nova cultura, tudo isso com um único ideal, a paz entre os povos, por que só conhecendo o diferente e mudando alguns conceitos que passamos a respeitar as coisas. Acho toda essa parada muito louca! Ah e lá tem roupas de frio…

Ah tá bom, chega de tanto falar, por que eu rendo muito, aí já viu né, ninguém agüenta ler, agora eu vou ir estudar, melhor coisa que faço agora, afinal, não há nada para fazer. Um abraço para todos vocês e dps eu escrevo mais aqui!

До свидания !

Anúncios